#Política#O fim de uma era


Você deve ter lido a notícia: hoje o presidente Obama assina o Ato de
Recuperação e Reinvestimento Americanos, vulgo "pacote de recuperação",
a tal bolada de 800 bilhões de dólares que, espera-se, vai botar a
economia americana – e, se dermos sorte, a mundial – para rodar outra
vez. O que você provavelmente não leu, já que a imprensa não está dando
muita bola, é que o tal pacote encerra uma era na história do
ambientalismo. Se eu quisesse mesmo atrair leitores a qualquer custo
(usando a mesma estratégia do Francis Fukuyama, autor de "O Fim da
História"), eu podia chamar este post de "O Fim do Ambientalismo".
Afinal, o ambientalismo como o conhecemos termina hoje, dia 17 de
fevereiro de 2009.

Dos 800 bi (789, para ser mais exato), obscenos 60 bilhões, mais que o
PIB de Cuba, vão ser gastos com o meio ambiente. É grana que não acaba
mais, para ser transformada em energias renováveis, adaptação de
edifícios para economizar energia, sistemas de transporte verdes,
cuidados com a água etc. A idéia é inaugurar novos mercados para
incentivar inovação causar o surgimento de setores industriais
inteiros, chacoalhando a economia. Digo que isso é o fim do
ambientalismo como o conhecemos porque, desde que surgiu, nos anos 70,
o movimento ambiental consistia basicamente em reclamar da inadequação
dos nossos modelos. A partir de amanhã, é hora de começar a construir
novos modelos.

Todo ambientalista americano que tem bons projetos vai ter uma grande
chance de morder um pedacinho dessa grana. Todo mundo com ideias
factíveis, bons argumentos, olhar inovador vai ter uma chance concreta
de abandonar a contracultura ecológica para ser acolhido pelo
mainstream. Demorou mais de 30 anos, mas o movimento ambiental cumpriu
sua primeira missão: convenceu o establishment econômico mundial de que
havia um problema. Agora vem o mais difícil: resolvê-lo.

foto: jetheriot (CC)

Anúncios
14 comentários
  1. ARM disse:

    Ao menos que fosse mesmo acontecer isso, porém até lá chegarmos, vai demorar um tempinho, e acho q. vamos continuar por uns tempos com o mesmo slogan.Qto. aos carros do futuro! Sinceramente, acredito q. a chave está no controle da energia movedora do transporte. É algo parecido com o sistema do Plasma (“tv”) onde há na tela, p/ q. o leitor entenda, visores mais pequenos, cuja função é de controlar os raios de luz q. produz a imagem. E isso já originou uma nova vertente da física, q. é o estudo de raios lazeres, onde uma estrutura de pesquisa ficará concluída até 2015 no território Pertencente a EU.Muito bom blog.

  2. Denis Russo disse:

    Caro Rafael França,Não é isso não. Verdade que parte da grana vai parar em mãos mal intencionadas: por exemplo, financiar adaptações de empresas que teriam que se adaptar de qualquer forma, por lei. Mas a lógica do plano não é criar monopólios. Pelo contrário, é inaugurar novos setores estratégicos abertos à competição nos quais a economia americana tenha boas chances de se destacar. Mais ou menos como quando o Silicon Valley deu origem à indústria da informática.

  3. Rafael França disse:

    na verdade todo ambientalista, mesmo os com as idéias mais doidas que houverem, serão beneficiados com a bolada; em alguns anos, teremos alternativas caras, pouco produtivas, e que por decreto serão obrigatórias para os americanos. A lógica da bolada é que no final mr. obama vai criar leis q vão fazer os produtos vender, estilo monopólio.

  4. Isabela Castro disse:

    Depois de uma campanha eleitoral que mobilizou o mundo com o seu famoso slogan “Yes, We can.” de Obama, espero que este mesmo mundo se motive com os incentivos a economia e passe a contribuir um pouco mais com as questões ambientais, parando de pensar que pouco não é nada!

  5. Rogério de Oliveira disse:

    Pesso desculpas à redação de Denis Russo! Interpretei e respondi de forma errada o post. Pesso para que ignorem o post anterior. Obrigado!

  6. Zezé disse:

    Antes tarde do que nunca! Agora é hora de separar os esquerdistas fanfarrões que só sabem rosnar daqueles que realmente são pessoas (ou grupos) sérios e que possuem idéias e planos fundamentados e concretos para começar a solucionar a questão ambiental.

  7. Marcela disse:

    Oi Má, uma noticia, boa e interessante. Vai dar tudo certo

  8. ade disse:

    Infelizmente, nada vai mudar quanto a questão ambiental, tenho certeza…

  9. Paulo Renato disse:

    Pena que uma porção maior ainda do pacote de Obama se destina à indústria automobilística, tratada como a princesa da economia…

  10. Mauricio D R Paniza disse:

    Resta saber quando esse investimento será feito pelo Brasil. Se bem que num pacote de 60 bilhões, grande parte da grana ia se perder no meio do caminho, infelizmente.

  11. anonimo disse:

    Parodiando JFK: “Não pergunte o que seu país, mundo, ONG, políticos, governos, Obama e Deus podem fazer pela Terra. Pergunte o que você pode fazer pela Terra”.

  12. Carolina disse:

    Acho a constatação interessante! Mas, não sei não, Denis… Desde “o fim da história” que a gente sabe que esses epitáfios raramente funcionam. O pacote nos EUA é um marco, sim. Mas se é para esquentar a mesa de apostas, eu só me atreveria a especular sobre o fim do ambientalismo depois de Copenhagen, quando todos os países signatários de Kyoto vão ter que se virar com medidas conjuntas bem revolucionárias para o clima. Ou não. E daí voltaremos à estaca zero…Parabéns pelo blog, estou gostando muito!obs: Comentei o seu post também no meu blog, no Planeta Sustentável: http://planetasustentavel.abril.com.br/blog/eco/

  13. DarthWehmann disse:

    Com o preço do petróleo em queda(US$ 44,64 o barril em 09 de Março de 2009 ), a grande maioria de projetos em combustíveis limpos vai se tornar inviável. Porém muito do preço é especulação, o valor máximo do barril atingiu US$ 146,37 em 10/03/2009. Logo os ambientalistas mais xiitas vão ser necessários para prever o fim do mundo de novo e aumentar o preço do petróleo esses f….Talvez Delfim Neto tenha razão quando diz , em simples em simples palavras, que a crença é aplicada como razão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: