Pensar diferente

Você já deve ter ouvido a história: energia solar é abundante e inesgotável, suficiente para suprir com folga todas as necessidades do Planeta Terra. Mas é cara. E é difícil de armazenar ou transmitir a longas distâncias, o que a torna uma opção ruim para terras pouco ensolaradas. Um dia essas questões técnicas serão resolvidas e não precisaremos mais queimar carvão para prover aquilo que o Sol nos dá de graça.

Se é assim, é de se esperar que o mundo esteja investindo loucamente em pesquisa com energia solar, certo?

Errado.

Ó:

energy

Estes são os investimentos de todos os países membros da Agência Internacional de Energia em pesquisa. Investe-se uma merrequinha no mundo para se desenvolver tecnologia para geração, armazenamento e distribuição de energia solar. Sabe por quê? Porque a gente continua preso na crença de que energia solar é cara e pouco prática. E energia solar coninua cara e pouco prática porque não desenvolvemos novas tecnologias. Como sair dessa dízima periódica?

Pensando diferente.

(O gráfico encontrei no blog Dot Earth, do New York Times.)

Anúncios
14 comentários
  1. Maurício Bittencourt disse:

    Pensar diferente?! Impossível, pois a Humanidade é lamentável! Desculpe o pessimismo, amigos. Ele ocorre quando percebo a possibilidade real de seres humanos jogarem bombas atômicas nas cabeças de seus semelhantes. É inacreditável que isso ainda exista.

  2. Márcio disse:

    Acabamos sempre caindo em questões como a necessidade da quebra da lógica consumista, que vai refletir sobre os hábitos e cultura da população, a fim de questionar a noção de progresso desenvolvimentista. Aí sim, atingindo os maiores consumidores de energia: as indústrias e esferas produtivas…essas que só querem maximizar lucros e reduzir gastos. Por isso deixam a “energia mais cara” de lado. Às veze tendo a concordar com o Maurício…é muito difícil quebrar esse círculo vicioso. Tenho a impressão que as pessoas só farão algo no dia em que abrirem a torneira em casa e não sair nada delas, a não ser ar! Quem sabe?!

    [WORDPRESS HASHCASH] The poster sent us ‘0 which is not a hashcash value.

  3. Jay Jay, Nigeria disse:

    Claro, vamos pensar diferente !!! se assim não fosse ainda estaríamos acreditando que a Terra é o centro do Universo e que o Sol gira em torno dela. Ainda estaríamos acreditando que o mundo surgiu a 5.000 e poucos anos atrás e ainda estaríamos acreditando que alguém que fala sozinho deve ser queimado vivo, ou que a Terra é plana.
    É isso aí, vamos pensar diferente !!! porque alguns tiveram a ousadia de pensar diferente no passado conseguimos avançar um pouco. A loucura de hoje poderá ser a realidade de amanhã.
    Porque as coisas andam devagar não quer dizer que não andam.
    É isso aí, pensar diferente.

  4. Michel Seikan disse:

    Pensando bem, acho interessante ouvir o que o respeitado cientista e ambientalista James Lovelock, (com mais de 200 trabalhos científicos lançados sobre meio ambiente)defende a ideia de que a saída para o aquecimento global é a energia nuclear, veja: http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1000765-7823-ENERGIA+NUCLEAR+PODE+SER+A+SOLUCAO+PARA+O+AQUECIMENTO+GLOBAL,00.html

    Vale a pena ouvir o que o ambientalista que a quase 50 anos criou o conceito de GAIA, que vê a terra como um organismo vivo que se auto-regula.

  5. Denisson disse:

    Denis, infelizmente a ciência não é tão vanguarda quanto imaginamos. Na área de tecnologia as empresas e governos delegam dinheiro para as coisas já comprovadamente funcionais ou com boas perspectivas no curto/médio prazo. O argumento é simples: Se investirmos em energia solar e ela for inviável estaremos em desvantagem em relação aos paises que investiram em outras energias. Pode haver também atrasos de cronograma e não conseguir gerar a energia que precisamos e finalmente tem a incompetencia também. Para as coisas andarem precisa de uma pessoa fenomenal que faça uma descoberta individual para atrair os holofotes para a pesquisa em energia solar. Por enquanto esse iluminado ainda não chegou

  6. Igro disse:

    Denis, em meu círculo social (classe média em local de alto nível de inicidência solar), as pessoas parecem acreditar na energia solar e demonstram interesse quando observam uma instalação desse tipo- especialmente porque, em muitos casos, está associada a corte de gastos. A impressao que eu tiro do que você escreveu é que se trataria de uma questão de mercado. Não é o que eu penso. Eu diria que os investimentos são baixos (neste momento) mais uma vez por causa do lobby das grandes corporações – que sao as mesmas que tentam freiar o software livre e a queda do imperio automobilistico. Como disse a Annie Leonard, contra isso, precisamos de população consciente que fortaleça o Estado.

  7. Igor disse:

    Meu nome é Igor na verdade.

    Tem como aumentar o numero de caracteres por comentario??

  8. denis rb disse:

    Igor,
    Não, não acho que seja falta de mercado. É falta de interesse de governos e universidades em desenvolver tecnologias melhores. Acho que o Denisson, aí embaixo, fez uma boa análise do que está por trás disso.
    Quanto a aumentar o número de caracteres: me parece que não tem como. Mas é só continuar num outro comentário, não tem problema.

  9. Andre Andreazzi disse:

    Olha, escuto falar de energia solar a mais ou menos 15 anos, na época haviam pesquisas onde casas eram construídas com os famosos painéis e tal.
    Desde então, não vi nada de muito inovador nessa linha. Os números mostrados dão a resposta do porque esse pouco avanço. Não sou especialista no assunto, mas parece mesmo que há interesses conflitantes com a popularização da energia solar.

    Energia nuclear é uma saída sim, mas a maiora dos países a palavra manutenção significa despesa e não investimento, por isso me parece que não estamos preparados para a energia nuclear. A solar continua com menos riscos.

    Andre
    http://www.umpordia.net – a maneira mais fácil de ajudar o planeta

  10. Jay Jay, Nigeria disse:

    Ao que interessa: energia solar.

    É verdade que há muito para ser feito e os nossos “líderes” deveriam acelerar o processo de pesquisas para energias alternativas, entre elas, a energia solar.

    Mas nem tudo é cenário desolador. Felizmente algumas naçoes mais desenvolvidas ou mais sortudas porque teem governos que amam o seu país, estao de fato levando muito a sério a produçao sustentável de energia. Os países nórdicos estao liderando esse movimento seguido por alguns países do mediterrâneo. Dinamarca e Alemanha no primeiro grupo, Portugal e Espanha no segundo grupo.

    Outros países também estao levando a sério essa tendência: Canadá e Austrália entre outros.

    Para se ter idéia, em Portugal foram instaladas (comercialmente) fazendas eólicas, geradores de energia com aproveitamento do movimento das ondas do mar, enormes plantas solares e plantas geotérmicas. De todos, a Dinamarca é que está com o plano mais ambicioso, com pesquisas, cronogramas de instalaçao e objetivo claro e tudo isso para future próximo.

    Como se vê há governos e há governos. Depende de nós eleitores escolhermos o governo certo.

    Há muito para ser dito. Qual a vossa opiniao ?

    Abraços.
    Uma dica: para comentários maiores, escrevam no Word e depois copiem para a janela do comentário.

  11. jorji disse:

    O mundo sempre muda para continuar como sempre foi. Em relação a energia solar, só quando o custo das atuais formas de extrair energia começar a se esgotar e tornar inviável sob ponto de vista econômico, mas as pesquisas vão continuar. Os grandes inventos do ser humano são de natureza militar, ou seja, em tempos de conflitos é que surgiram a maior parte das invenções, quando as formas convencionais de energia se esgotarem, esse conflito é que gerará uma nova forma de energia.

  12. Denisson disse:

    Não quero uma guerra pras coisas mudarem 🙂

  13. jean disse:

    vivemos em um mundo maioritariamente capitalista e quase todo mundo não tem autonomia, liberdade ou individualidade, seguem as modas e são tudo uma cambada de burros, idiotas, babacas que só sabem dar valor a novelas e big brothers… Assim não é muito dificil para quem manda nessa m…a “Enganar-nos” e ir levando as coisas como estão. nesse mundo só há avanços tecnológicos em áreas que são rentáveis, veja por exemplo os celulares que até bem pouco tempo atraz eram uns tijolões ou os computadores, carros, etc… Ou seja, se cada familia tiver em casa um dispositivo que armazena energia solar para uso doméstico de graça o mundo capitalista não obterá o seu lucro!!! voilá…

  14. Fernando Melgaço disse:

    Caro Denis,tenho em minha casa,um sistema de aquecimento de água,bolado por mim,no qual uso umas mangueirinhas de pvc,um termostato e uma vávula solenóide,além de uma caixa de isopor para armazenar a água quente.Este sistema funciona em minha casa há mais de seis anos,sem problemas.É um sistema muisto barato e fácil de se instalar.
    Existe,no entanto,um problema que ainda não foi resolvido,que é o desperdício de água fria,até que a quente chegue aos chuveiros.Este problema é maior nos edifícios.No meu caso esta perda é de mais ou menos três litros.
    Atenciosamente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: