Mil desculpas – os comentários não funcionam

Faz 2 dias que os comentários aqui no blog não funcionam. Pena, justo agora que o debate estava ficando bom, depois de passar uns dias dominado pela histeria. Ainda não consegui descobrir o que está acontecendo – espero que as coisas voltem logo ao normal. Mil desculpas a quem tentou comentar e não conseguiu.

Anúncios
2 comentários
  1. Felipe Maddu disse:

    Vamo vê se fuinciona, esse coments é pro post anterior que não consegui comentar)))))) Há pessoas que nasceram e foram criadas com os pais dizendo que drogas são nefastas. Para essas pessoas é difícil aceitar ideias mais libertárias. Estamos falando de pessoas e as relações que estas tem com substâncias que foram tornadas ilícitas. Muitas ideias ultrapassadas dizem que a droga é má porque faz mal a sociedade(mas o bombardeio das propagadas e programas inúteis na TV tb não faz?? E a poluição gerada pelos carros e que afetam quem escolheu-como eu, viva a bike- escolheu não utilizar esse meio e é obrigada a respirar todo dia esses gases ultra-poluentes, mais poluentes que mil baseados), mas estamos falando de direitos individuais tb. Agora, se legalizar, e até políticos decadentes como FHC defendem o abrandamento das leis, as coisas vão ser bem melhores, menos hipócritas. Hábitos Cherston, que parem então de poluir as cidades, desrespeitar os ciclistas e transeuntes e gerar mortes no trânsito.

  2. Felipe M disse:

    Caro Denis, me lembrei de você quando estava trabalhando e ao ler o Estadão de hoje, em uma matéria sobre Dubai, “O fim do sonho”, peguei uma parte da matéria para inserir aqui nesse espaço:”luxo ficou no passado: O país parecia seguro. Os estrangeiros que chegaram deslumbrados, agora deixam para trás o luxo que não têm mais condições de arcar. Casas colossais e carros importados são abandonados. Nos carros, chamando a atenção de quem passa pela rua, uma nota com pedido de desculpas. Não há dados oficiais, mas estima-se que mais de três mil carros foram abandonados este ano, alguns deles até mesmo com a chave no contato.” Exatamente o que você disse em um post tempos atrás. É, a casa caíu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: