Mea culpa, mea culpa, mea maxima culpa

Erramos.

Eu disse outro dia que nenhuma cidade brasileira tem um sistema decente de aluguel de bicicletas.

Não conhecia a Mobilicidade, que opera o sistema Samba no Rio de Janeiro, Blumenau e João Pessoa. Passei o último feriado no Rio, usando o Samba. Tem estações de bicicleta em vários pontos da Zona Sul (infelizmente não tem no centro), o sistema é todo automático, operado por celular, as bicicletas são robustas, resistentes, e até que boas. Paguei só R$ 20 pela mensalidade e usar a bicicleta é grátis desde que você devolva em 1 hora (mas pode alugar quantas vezes quiser, sempre grátis por 1 hora). Muito legal.

Incrível como o simples fato de usar aquelas bicicletas gera interações sociais, aproxima pessoas, inicia conversas.

Agora alguém precisa arrumar um jeito de tirar todos aqueles carros da rua. Carro atrapalha muito o trânsito.

Anúncios
16 comentários
  1. denis rb disse:

    Eu esqueci de colocar a categoria deste post. Aí ficou “sem categoria”. Achei bom e deixei. Escrever coisas sem checar antes denuncia minha total falta de categoria.
    🙂

  2. denis rb disse:

    Ah, esqueci de comentar,
    Pelo jeito o sistema depende de que empresas anunciem nas bicicletas e nas estações para dar dinheiro. Nenhuma bicicleta ou estação tinha anúncio algum. Pelo jeito, os anunciantes continuam achando que, para as pessoas se interessarem pelo seu produto, você precisa jogar fumaça preta na cara delas. Ê, publicitários… Vamos prestar atenção nas coisas, pô!

  3. tt disse:

    desclassificado. E ponto!

  4. Felipe disse:

    é, as coisas tão mudando Denis, de forma gradual, como disse hehehe Mas estão!

  5. Anouk disse:

    Oi Denis,

    Aqui em Hamburgo também tem estacoes de bicicleta em vários pontos das zonas mais nobres, inclusive no centro. Como possuo a minha, nem reparei as vermelhinhas ou seriam branquinhas?

  6. Rodrigo disse:

    Ciclistas só atrapalham o trânsito! O tornam imensamente lento! É ridículo atravessar uma grande avenida de bicicleta.

  7. Mortadela disse:

    Agora é só acabar com os ladrões de bicicleta, para esse sistema dar certo no Brasil!!!!
    a média de roubos aqui é anormal!!! se eu não me engano saiu até uma reportagem a respeito na veja!!

  8. Surfs disse:

    Na Alemanha vi um sistema parecido, só que relacionado com os trens (acho).

  9. Felipe disse:

    Rodrigo troll fala com minha mão fanfarrão eauaehue Que piadista é vc!

  10. Chesterton disse:

    Dennis, você veio a trabalho ou turismo?

  11. Anouk disse:

    Oi Denis,

    O sistema “Call a Bike” aqui em Hamburgo é parecido com o do Rio. As estacoes estao distribuídas em diversas estacoes de metrô, trem e pontos turísticos. Para os usuários de metrô e trem, a tarifa é menor.

    As bicicletas sao vermelhas e prateadas; bonitinhas. ” Call a Bike” possui em diversas cidades alemaes.

    Quando vocês visitarem a Alemanha, já sabem.

  12. Gabriel disse:

    tentando pela 3a vez… peço desculpas se todos os posts tiverem sido publicados.

    Denis, daonde vc tirou que deveria haver ciclofaixas de 4 em 4 ruas exatamente (acredito que vc tenha feito este comentário alguns posts atrás)? Existe uma explicação teórica,ou algo do tipo, para isso?
    E, por último, vc recomenda algum livro que trata da questão da mobilidade urbana (em português, de preferência)?
    Valeu! abraço.

  13. Chesterton disse:

    essa foi boa. Pior que carros em faixa de ciclistas só pedestres atravessando a avenida Brasil na hora do “rush”.

  14. Carol disse:

    agora só falta as pessoas se concientizarem e usarem as bicicletas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: